segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Era uma vez uma pesquisa...


Muitos aqui leram aquela pesquisa que saiu nos jornais há uma semana atrás.

Até meu pai comentou o assunto comigo. Se eu estava sabendo que muitos filtros solares não funcionavam. Tentei evitar de falar sobre esse assunto por aqui, mas creio que seja inevitável. Isso me lembra uma outra pesquisa que sacudiu os Estados Unidos ainda nesse ano que passou. Tratava do mesmo problema: a eficácia real dos filtros solares.

Achei uma falta de bom senso total essa pesquisa. Mas ela me fez refletir muito e até tirei algumas conclusões disso. É claro que algumas perguntas surgem:
  • Por que o anthelios foi reprovado se o l'oreal expertise foi aprovado?Entretanto, observem aqui que a diferença entre os dois estava na resistência ao calor e à luz e na rotulagem???
(Para aqueles que não sabem os dois produtos são da mesma empresa e tem os mesmos filtros químicos na fórmula).
  • Daí me ocorreu outra pergunta: de onde pegaram os filtros? Dos stands com luzes quentes? Gente vou falar uma coisa: acho um absurdo ainda colocarem os produtos naquelas prateleiras. Aquele calor degrada qualquer produto. É uma questão de lógica.Se pegaram o ANTHELIOS de lá...Está explicado...:)
  • Observem que na pesquisa brasileira o ponto nevrálgico é a proteção UVA e isso eu já sabia. A proteção UVA é mais levada em consideração na Europa. O Brasil e os EUA estão aquém nesse quesito. Acho até que o controle de qualidade para a Europa é de um jeito e para esse lado do globo é outra. Só que as pessoas acham que estão protegidas porque vão a praia, usam os seus filtros e não se queimam. Gente, quem causa queimadura solar é o UVB que foi muito bem avaliado na maioria dos filtros (no rótulo corresponde ao FPS)!!Você não consegue perceber a olho nu o estrago que faz o UVA;
  • O que é composição ruim?Rotulagem e outras pérolas não explicadas do gráfico?
A SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia) já emitiu comunicado negando qualquer envolvimento com essa pesquisa. Ao meu ver parece realmente mais uma notícia sensacionalista (com algum fundo de verdade). Afinal, nessa listinha existem produtos cujos filtros químicos são extremamente instáveis e/ou alergênicos e, portanto, que eu não prescreveria.

A título de informação, os filtros reprovados nos Estados Unidos envolvem o Coppertone, o Banana Boat e a Neutrogena. Aqui o Coppertone e o Banana Boat também foram reprovados. Porém não testaram os filtros da Neutrogena. Lá como aqui, a avaliação foi catastrófica em relação ao UVA. Para mim, isso não foi nenhuma novidade e é um ponto que sempre me deixou insatisfeita quanto a maioria dos filtros solares. Nos Estados Unidos, ainda avaliaram o potencial cancerígeno de alguns filtros químicos. Existe essa discussão no meio farmacológico, mas ainda não há consenso. Imaginem se algum dia eles confirmam essa suspeita. O mundo cairá!!!



12 comentários:

  1. Nossa! Que bomba hein!
    Eu estou cheia de manchas e tenho que usar filtro todos os dias. Agora imagina a minha situação!
    Você fica sem saber que produto comprar...
    Hoje eu uso o cenoura e bronze fps 50 pro corpo e o Avène 50 pro rosto.
    O cenoura e bronze eu vi na pesquisa, mas o Avène não.
    O que você acha deste produto?
    Você recomendaria?
    Bjos!

    ResponderExcluir
  2. O filtro da Avène não foi avaliado, mas de antemão posso dizer que é um excelente filtro europeu com Tinossorb na fórmula. O único inconveniente é a textura dele que pode não ser muito agradável para muitos. Pelo menos para pele oleosa, não é recomendado (incluindo o filtro da linha Cleanance, não comprem). Ainda assim adoro o filtro em spray deles para o corpo.
    *O filtro da linha Avene Cleanance ainda não está disponível no Brasil.

    ResponderExcluir
  3. Bem, eu uso filtro solar sempre e não pretendo deixar de usar ou jogar o meu fora por causa dessa pesquisa. Meu esposo tem pele clara e quando esqueçe do filtro solar queima horrores e fica dolorido. Com o filtro solar( reaplicando direitinho)não tem problema nenhum, então não temos porque deixar de usar.

    ResponderExcluir
  4. Oi Dra. Daniella!
    Não tinha pensando no que vc disse sobre a luz, a temperatura quente, vc tem total razão!
    Eu uso o Minesol Actif junto com o Klassis, adoro os dois e atende minhas expectativas, minha pele é mto boa, mas é mista, não tenho rugas, mas tenho sardas.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  5. Olá Dra. Daniella,
    Parabéns pelo blog! Para crianças acima de 2 anos, qual é o protetor que você indica?
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Elaine...vou fazer um post a respeito de cuidados com a pele das crianças. Mas posso adiantar-lhe que o ideal é que contenha só filtros físicos. Nada químico.

    ResponderExcluir
  7. Menina, tem selinho p vc lá no blog!!! Bjinhos

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Obrigada pela resposta!
    Esse Avène que eu comprei é, por algum acaso, um kit para peles oleosas e encontrei em uma farmácia aqui no RJ
    Bjinhos!

    ResponderExcluir
  9. Doutora por causa dessas pesquisas que são divulgadas na net, até hoje não uso nenhum protetor solar que tenha oxibenzona ou benzofenona-3, pois disseram que eram cancerígenas, que entravam na corrente sanguínea, que provocavam radicais livres na pele, etc...
    A Doutora sabe me dizer se tem alguma verdade nisso?

    ResponderExcluir
  10. Na verdade, não gosto da benzofenona pelo seu potencial alérgico...a questão cancerígena é polêmica pois não foi provado que ocorra em seres humanos. Mas onde há fumaça, há fogo.

    ResponderExcluir
  11. Concordo com a Doutora, acho melhor não arriscar se temos outras opções.
    Agora achei uma pena ter que deixar de usar um protetor que gostei muito por causa dessa substância, foi o protetor Neutrogena Face Locion fps 55, ele é muito leve, absorve bem na pele, não piorou minha acne.
    Tenho sempre por costume ligar para o sac do fabricante do produto para confirmar a presença da tal substância, mas não são todos que informam não.

    ResponderExcluir

Por motivos de segurança pedimos a gentileza de confirmar as letras...